Cadastro biométrico em Blumenau segue a passos lentos - Rádio Sentinela do Vale

Gaspar / SC
04 de Dezembro de 2020

Página Inicial Rádio Sentinela do Vale!

Rádio Sentinela do Vale

Programação

CAFE COM JOTA

05:05h

CAFE COM JOTA

Ouça Agora

Jornal Sentinela

07:00h

Jornal Sentinela

Na sequência



Cadastro biométrico em Blumenau segue a passos lentos

03/12/2015 08:28

A 73 dias úteis do prazo final para fazer o cadastramento biométrico, a procura pelo serviço segue abaixo do esperado em Blumenau. Até terça-feira à tarde 138.586 eleitores haviam se cadastrado – o equivalente a 56,4% do efetivo eleitoral na cidade, que é de 245.771 pessoas. Blumenau fica atrás de municípios como Joinville, que já tem 57,9% da população cadastrada; e Florianópolis, com 63,3%.

Apesar do fechamento de dois dos três postos de atendimento nos bairros, a previsão é de que o ritmo continue lento no posto da Rua João Pessoa até 22 de março de 2016, último dia para atualizar o título de eleitor.

Hoje o posto faz em média 800 atendimentos por dia. Se Blumenau ficar neste ritmo, não terá direito ao segundo turno nas eleições e mais de 50 mil pessoas terão o título cancelado. Para cadastrar todos os eleitores da cidade até março, os 120 estagiários que trabalham em 40 guichês precisariam atender a 1.468 cadastramentos diários – média que só vai aumentar a cada dia de baixa procura.

Segundo Débora Silveira Brehn, coordenadora da biometria no município, é possível atender a tempo os mais de 107 mil eleitores que ainda não foram até o local. No entanto, ela alerta para a possibilidade de filas caso a população deixe para a última hora.

– Segunda-feira muita gente achou que fosse o último dia, isso aqui estava uma loucura. É o jeitinho brasileiro: as pessoas sabem que têm tempo para fazer a biometria, então vão adiando até não poder mais. Provavelmente na semana do dia 22 de março teremos a mesma situação – prevê.

Moradora do bairro Vila Nova, Lílian Alves Pereira, 29 anos, foi até o posto da João Pessoa para transferir o título de Machado (MG) para Blumenau. Ela conta que aproveitou a deixa para fazer o cadastramento biométrico e se surpreendeu:

– Foi muito rápido. Se tudo no serviço público funcionasse com tanta agilidade seria ótimo.

A coordenadora da biometria reforça que o público leva no máximo 20 minutos para passar pelas etapas do serviço. Ela recomenda que as pessoas aproveitem o fim do ano para agilizar o processo, já que a partir de janeiro prevê mais movimento devido à proximidade da data-limite para cumprir a exigência eleitoral.

Em dezembro o posto encerra as atividades no dia 18 e volta a atender dia 7 de janeiro de 2016. Para ajudar quem terá horários mais flexíveis neste e no próximo mês, plantões especiais estão agendados para os dias 21, 22 e 23 de dezembro e 4, 5 e 6 de janeiro. Nestas datas, a comunidade poderá fazer a biometria do meio-dia às 17h. Ainda não há novas datas definidas para atendimentos aos sábados.

Mesmo com a possibilidade de que as próximas eleições sejam feitas com cédulas de papel, segundo informação publicada segunda-feira no Diário Oficial da União, o Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina reforça que o cadastramento biométrico continua sendo obrigatório. Quem não fizer dentro do prazo terá CPF e título de eleitor cancelados e não poderá votar nas próximas eleições – com isso também fica impedido de tirar passaporte e RG, participar de licitações e se matricular em instituições de ensino públicas, entre outras restrições.

Fonte: Jornal de Santa Catarina
Link de Origem       
Revisão e Responsabilidade do Site    

Todos os direitos reservados © 2020

| Rádio Sentinela do Vale - Rua São Pedro, 245 - Centro / Gaspar | Telefone: (47) 3332-0783

by SoftD