Casal de sócios e funcionário de empresa de SC são presos pelo furto de 15 caminhões - Rádio Sentinela do Vale

Gaspar / SC
20 de Outubro de 2018

Página Inicial Rádio Sentinela do Vale!

Rádio Sentinela do Vale

Programação

Contatos com a Cidade

07:30h

Contatos com a Cid...

Ouça Agora

Musical Sentinela

13:00h

Musical Sentinela

Na sequência

SHOW DE BANDAS

14:00h

SHOW DE BANDAS



Casal de sócios e funcionário de empresa de SC são presos pelo furto de 15 caminhões

08/05/2018 09:32
Um casal, sócio em uma distribuidora de bebidas de Porto Belo, e um colaborador deles foram presos após serem indiciados pelo furto de 15 caminhões de empresas de Tijucas, Porto Belo, Itajaí e Balneário Piçarras. Um quarto indiciado está foragido, segundo divulgado pela Polícia Civil nesta segunda-feira (7). O prejuízo causado pelo grupo pode ser de mais de R$ 2 milhões.

De acordo com o delegado Rodrigo Bortolini, da Diretoria Estadual de investigações Criminais (Deic), a distribuidora de bebidas era usada como fachada para encobrir os crimes do grupo.

“Eles faziam um levantamento prévio dos veículos a serem furtados, das empresas a que pertenciam e descobriam a melhor maneira de invadi-las. Nos fins de semana, entravam na empresa, burlavam o sistema de segurança, cortavam correntes, cadeados, tiravam os veículos e os levavam para o Paraná. Depois, trancavam o local novamente, para dar a impressão de que nada havia ocorrido. Com isso, os proprietários percebiam o furto só no fim da segunda-feira”, relatou Bortolini.

Recuperação de veículos furtados

Conforme a Polícia Civil, o grupo era especializado no furto de caminhões com equipamentos acoplados como pranchas de transportes, muncks, betoneiras e guinchos.

Uma empilhadeira furtada de Pinhais (PR) em dezembro de 2016 foi recuperada pela polícia durante o cumprimento dos mandados de prisão e de busca. O equipamento estava sendo usado na distribuidora de bebidas dos indiciados.

No local, foram encontradas anotações de consultas a placas de vários caminhões da região além de placas e fotos de caminhões furtados pelo grupo em Tijucas e Guaramirim.

Segundo a Polícia Civil, os indiciados já tinham anecedentes criminais no Paraná por furto e adulteração de caminhões e outros veículos. Eles se mudaram para Santa Catarina em 2014.

Tentativa de assalto

A polícia recuperou dois caminhões furtados e adulterados ao longo da investigação. Um deles foi usado para bloquear a BR-376, em Palmeira (PR), durante uma tentativa de assalto a cinco carros fortes em fevereiro deste ano. Na ocorrência, três pessoas morreram e foram apreendidas diversas armas, entre elas dois fuzis.

Conforme a polícia, os indiciados vão responder pelos crimes de furto qualificado, adulteração de sinal identificador de veículo e organização criminosa. A polícia solicitou à Justiça o bloqueio dos bens e das contas dos envolvidos e da empresa deles.

Fonte: G1 Santa Catarina
Link de Origem
Revisão e responsabilidade do site     

Todos os direitos reservados © 2018

| Rádio Sentinela do Vale - Rua São Pedro, 245 - Centro / Gaspar | Telefone: (47) 3332-0783

by SoftD