Casos de embriaguez aumentam quase 40% no início de 2019 em SC - Rádio Sentinela do Vale

Gaspar / SC
26 de Maio de 2019

Página Inicial Rádio Sentinela do Vale!

Rádio Sentinela do Vale

Programação

Santa Missa

08:00h

Santa Missa

Ouça Agora

PARADÃO DA SENTINELA

09:00h

PARADÃO DA SENTINE...

Na sequência

Toca Tudo na Sentinela

11:00h

Toca Tudo na Senti...



Casos de embriaguez aumentam quase 40% no início de 2019 em SC

12/03/2019 10:49

Após 138 casos registrados no último fim de semana, o número de motoristas flagrados dirigindo sob efeito de álcool chegou a 983 nas rodovias federais de Santa Catarina apenas em 2019. Houve aumento de 39,83% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando 703 pessoas foram autuadas por dirigir após beber. Os dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF) mostram que o maior crescimento ocorreu a partir do fim de semana de carnaval.

Apesar de quase mil flagrantes em apenas 70 dias do ano, o crescimento significativo não está necessariamente associado ao aumento de motoristas dirigindo embriagados. O inspetor Luiz Graziano explica que as ações de fiscalização foram ampliadas neste ano, já que que a PRF estabeleceu a embriaguez ao volante como um dos maiores problemas de trânsito em Santa Catarina, o que está refletindo no aumento de autuações.

— Estamos com mais fiscalizações, com mais gente mobilizada e operação mais específica para combater a embriaguez. A ideia é mostrar para as pessoas que estamos fazendo a fiscalização para que elas parem de dirigir sob efeito de álcool — afirma Luiz Graziano.

O inspetor da PRF destaca que o número de autuações poderia ser ainda maior se houvesse mais efetivo. Quando o bafômetro acusa positivo, dois policiais devem levar o motorista até a Polícia Civil para registrar o flagrante, em um processo que pode levar até três horas com o deslocamento. Enquanto estão fora do posto policial, deixam de fiscalizar outros motoristas que passam pela rodovia.

Para compensar o efetivo abaixo do ideal, as operações mobilizam agentes que estariam de folga, grupos especiais e até servidores da área administrativa. O efetivo é distribuído em locais onde há maior incidência de acidentes ou de pessoas em festas. Conforme Graziano, o trecho entre Balneário Camboriú e Itapema ou a região entre Blumenau e Rio do Sul são exemplos de pontos que atraem turistas ou jovens que bebem muito na balada.


Rodovias estaduais têm redução de flagrantes da Lei Seca

Ao contrário das rodovias federais, as SCs tiveram redução nos flagrantes de motoristas dirigindo sob efeito de álcool. A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) registrou 119 condutores autuados por embriaguez ao volante desde o início do ano até 10 de março, número 26,5% menor que o mesmo período de 2018, quando 162 casos foram registrados.

O número de condutores presos por embriaguez, quando o teste do bafômetro acusa concentração superior a 0,30 mg de álcool por litro de ar, também diminuiu. Se no ano passado foram 87 prisões, em 2019 o número é 24,1% menor, chegando a 66 casos registrados pela PMRv.

As autuações aumentaram apenas entre os motoristas que se recusaram a fazer o teste do bafômetro. O número de condutores que se recusaram a fazer qualquer um dos procedimentos previstos na Lei Seca aumentou 60%, passando de 219 para 351.

O comandante da PMRv em Santa Catarina, tenente-coronel José Evaldo Hoffmann Júnior, não atendeu aos contatos da reportagem para esclarecer se a redução de flagrantes por embriaguez tem relação com uma possível redução na fiscalização.

Fonte: NSC total
Link de Origem
Revisão e responsabilidade do site

 

Todos os direitos reservados © 2019

| Rádio Sentinela do Vale - Rua São Pedro, 245 - Centro / Gaspar | Telefone: (47) 3332-0783

by SoftD