Deputado Padre Pedro visita Gaspar para apresentar projeto de medicina alternativa - Rádio Sentinela do Vale

Gaspar / SC
17 de Novembro de 2019

Página Inicial Rádio Sentinela do Vale!

Rádio Sentinela do Vale

Programação

Santa Missa

08:00h

Santa Missa

Ouça Agora

PARADÃO DA SENTINELA

09:00h

PARADÃO DA SENTINE...

Na sequência



Deputado Padre Pedro visita Gaspar para apresentar projeto de medicina alternativa

03/09/2019 12:23

Na manhã desta segunda feira (02), o Deputado Estadual Padre Pedro (PT), esteve em Gaspar. O parlamentar participou de uma reunião com o Secretário da Saúde do município José Carlos de Carvalho Junior para apresentar o seu projeto sobre Práticas Integrativas e Complementares em saúde.

O projeto visa a prevenção e promoção da saúde para a população de Santa Catarina. A reunião foi marcada pelo vereador Dionísio Bertoldi (PT), que foi pessoalmente a ALESC no gabinete do deputado.

As práticas integrativas e Complementares em Saúde (PICS), nomeadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas (MTCI), foram normatizadas e institucionalizadas no Sistema Único de Saúde (SUS) por meio da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) em maio de 2006.

O projeto de Lei 440/2017, do Deputado Padre Pedro Baldissera trata da inclusão das práticas integrativas e complementares (PIC) e da consolidação da Farmácia Viva, no Sistema Único de Saúde (SUS). A proposta regulamenta e impulsiona uma política defendida pelo Ministério da Saúde e já colocada em prática em diversos municípios de Santa Catarina, que oferecem à população a fitoterapia, a medicina tradicional chinesa e a arteterapia, entre outras, como alternativas de atendimento à população em diversas áreas.

No caso específico da fitoterapia, a proposta ainda destaca o limite mínimo de 50% das compras de plantas e ervas medicinais da agricultura familiar e camponesa do Estado, respeitando o interesse de que os municípios tenham acesso aos produtos localmente, também ampliando políticas de renda dirigidas ao setor.

Muitos municípios, com o apoio do projeto Farmácia da Natureza Itinerante, da Epagri e de universidades, já conseguiram avançar isoladamente na oferta das PIC e implantação da Farmácia Viva.

O projeto, contudo, cria caminhos para estadualizar as ações e garantir que mais comunidades possam ter acesso a práticas consolidadas e que são incentivadas pelo próprio Ministério da Saúde.

Uma das preocupações do projeto é garantir que a regulamentação tenha o suporte de instituições de pesquisa e especialistas na área. A execução da Farmácia Viva, por exemplo, que busca consolidar o uso das plantas medicinais na atenção básica de saúde, deverá passar por regulamentação específica, com cursos de formação, mecanismo de avaliação da resolutividade e pesquisa científica.

Em Gaspar quem desenvolveu o projeto da Farmácia  Viva foi a Farmacêutica Jeanne Alessandra Santana, Diretora de Assistência Farmacêutica do município. Jeanne também participou da reunião e disse estar muito feliz com a aprovação do projeto pela ALESC e que já no ano passado recebeu total apoio da população gasparense neste projeto, que visa mudar os hábitos de medicação da população, pensando em proporcionar mais qualidade de vida para todos.

Padre Pedro citou a importância da medicina alternativa que muitos conhecem devido ao trabalho das pastorais ligadas a igreja católica. O secretário Dr. Junior elogiou o projeto e disse que a secretaria da saúde irá adotar a prática nos próximos dias, após uma reunião em Florianópolis para definir os detalhes para ser implantado em Gaspar.

Reportagem: Gil Dias


Todos os direitos reservados © 2019

| Rádio Sentinela do Vale - Rua São Pedro, 245 - Centro / Gaspar | Telefone: (47) 3332-0783

by SoftD