Educação Ambiental resgatará a Área de Preservação Ambiental do Bateias - Rádio Sentinela do Vale

Gaspar / SC
18 de Setembro de 2020

Página Inicial Rádio Sentinela do Vale!

Rádio Sentinela do Vale

Programação

Brasil Caboclo

19:00h

Brasil Caboclo

Ouça Agora

A Voz do Brasil

21:00h

A Voz do Brasil

Na sequência



Educação Ambiental resgatará a Área de Preservação Ambiental do Bateias

trilhaMD.jpg trilha3MD.jpg trilha1MD.jpg trilha2MD.jpg

Potencializar a conservação da Mata Atlântica e dos recursos hídricos associados à Área de Proteção Ambiental (APA) do Bateias. É a partir deste objetivo principal que o Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) de Gaspar em parceria com a Secretaria de Educação está iniciando um Programa de Educação Ambiental sobre a APA do Bateias. O projeto será desenvolvido na EEB Luiz Franzói, escola municipal localizada no bairro Bateias, com aproximadamente 40 alunos que integram o Projeto Eureka – Classes de Aceleração.

O Eureka é uma modalidade de ensino que tem como objetivo maior propiciar condições para recuperação de educandos que se encontram em situação de defasagem na aprendizagem e em relação à idade/fase. Busca ainda apropriar-se dos conhecimentos básicos do Ensino Fundamental, recuperar a autoestima dos alunos participantes e iniciá-los no mundo do trabalho.

Nas adjacências desta Área de Proteção Ambiental há um local de captação de água no Ribeirão Bateias, cuja estação de tratamento é operada pelo Samae. “A qualidade da água deste manancial é influenciada pelas condições da área do entorno. Quanto mais controlada a ocupação humana no local e preservada a vegetação nativa, menores serão os impactos adversos à qualidade dessa água, essencial para o abastecimento da população que habita essa região”, explica Fernanda Gelatti, engenheira ambiental do Samae.

Fernanda conta ainda que neste ano a APA do Bateias completa 10 anos de criação. “É também neste ano que a Lei nº 9.985/2000 que estabelece o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza (SNUC) comemora 10 anos”, diz.

Além disso, uma das propostas do Plano de Recursos Hídricos da Bacia do Itajaí é a execução, nos municípios, do Programa de Unidades de Conservação (UC’s). Os objetivos do programa são a promoção do conhecimento sobre as UC’s e a sua gestão participativa, o fortalecimento, a criação e a implantação de áreas protegidas priorizando a preservação das áreas de recarga e nascentes.

Sobre o Programa

 Entre as atividades propostas para o Programa de Educação Ambiental está a criação de um memorial da APA do Bateias com fotos, documentos e relatos dos moradores;  seleção de fotos de espécies da fauna e flora nativas; apresentação do material coletado sobre a APA para os alunos da EEB Luiz Franzói; concurso de desenhos e produção de uma cartilha sobre a APA do Bateias. Todas estas ações serão desenvolvidas em parceria com a EEB Luiz Franzói pelos alunos do Projeto Eureka durante as aulas.

Uma das primeiras atividades postas em prática foi a realização da trilha ecológica até o Pico da Bateias na última terça-feira, dia 24 de agosto. Este local faz parte da APA do Bateias. Participaram da caminhada alunos e professores do Projeto Eureka; diretora da EEB Luiz Franzói Kelli Cristine Silva Santos; membros do Corpo de Bombeiros; Ademar Korn, morador do local; as servidoras do Samae Fernanda Gelatti e Graciely Guesser, a coordenadora pedagógica da Secretária de Educação Camila Schreiber e a estagiária do Departamento de Meio Ambiente Camila de Oliveira.Para Daniel André Noebauer, professor de Ciências do Projeto Eureka, o resgate e a valorização da APA do Bateias pelos alunos visa fortalecer as práticas de educação ambiental naquela Unidade de Conservação. “A importância da Educação Ambiental se deve primeiramente pela exigência legal à criação de uma Área de Proteção Ambiental, e em segundo pela necessidade de inserir a comunidade daquela região como agente de preservação dos recursos naturais, neste caso a água captada pela Estação de Tratamento de Água - ETA IV do Samae. Nosso objetivo é criar nesta nova geração de moradores do entorno da APA uma relação de respeito à natureza com base no conhecimento”, pontua.

O Samae também está elaborando um banner referente às Unidades de Conservação do Município com informações gerais sobre a Área de Preservação Ambiental (APA) do Bateias e o Parque Nacional  da Serra do Itajaí. Este parque nacional, o segundo exclusivo de Santa Catarina, abrange nove municípios: Ascurra, Apiúna, Blumenau, Botuverá, Gaspar, Guabiruba, Indaial, Presidente Nereu e Vidal Ramos. Foi criado em 04 de julho de 2004 e possui 57.374 hectares.

Sobre a APA do Bateias 

A APA do Bateias foi instituída através do Decreto nº168/2000, de 15 de setembro de 2000, que declara Área de Preservação Ambiental a Bacia Hidrográfica dos ribeirões formadores do Ribeirão Bateias, que compreende os mananciais hídricos da Estação de Tratamento IV do Samae.  

Localiza-se na região do bairro Bateias, às margens da SC-411, em região limítrofe entre Gaspar e Brusque, próxima à Escola Municipal Luiz Franzói e adjacente à Estação de Tratamento de Água IV do Samae. Possui uma área de 235,8 hectares e perímetro de 6.764,66 metros. O órgão gestor é o Departamento de Meio Ambiente do Município.

Uma Unidade de Conservação constitui um espaço cuja finalidade é a conservação da biodiversidade, não apenas baseada em seu potencial ecológico e científico, mas também na importância ética, econômica e sociocultural que ela representa. É uma área legalmente instituída pelo Poder Público, na qual se aplica regime especial de administração e garantias adequadas de proteção.

A Área de Proteção Ambiental (APA) é uma categoria de Unidades de Uso Sustentável que faz parte do Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza (SNUC). O objetivo básico das Unidades de Uso Sustentável é compatibilizar a conservação da natureza com o uso sustentável de parcela dos seus recursos naturais.

A APA é uma área em geral extensa, com um certo grau de ocupação humana, dotada de atributos abióticos, bióticos, estéticos ou culturais especialmente importantes para a qualidade de vida e o bem-estar das populações humanas, e tem como objetivos básicos proteger a diversidade biológica, disciplinar o processo de ocupação e assegurar a sustentabilidade do uso dos recursos naturais.

Todos os direitos reservados © 2020

| Rádio Sentinela do Vale - Rua São Pedro, 245 - Centro / Gaspar | Telefone: (47) 3332-0783

by SoftD