Jovem desaparecido há 13 dias em Ilhota é encontrado esquartejado - Rádio Sentinela do Vale

Gaspar / SC
22 de Outubro de 2017

Página Inicial Rádio Sentinela do Vale!

Rádio Sentinela do Vale

Programação

Santa Missa

08:00h

Santa Missa

Ouça Agora

Musical Sentinela

09:00h

Musical Sentinela

Na sequência


Classificados

ALUGA-SE

Alugo kitinet centro coloninha ou sete de setembro....

PROCURA-SE

Procuro casa ou Kitinete que contenha 2 quartos e que seja no bairro 7...

ALUGA-SE

Aluga-se apartamento 3 quartos 2 garagens margem esquerda Deifiori (Ar...

+ Anúncios Classificados

Histórico de Imagens

Histórico de Imagens

Fotos e Eventos



Jovem desaparecido há 13 dias em Ilhota é encontrado esquartejado

12/06/2017 07:29

Jovem desaparecido em Ilhota é encontrado esquartejado

O corpo do jovem Sheldon dos Santos, de 19 anos, visto pela última vez em 28 de maio deste ano, foi encontrado esquartejado. O tronco e os braços foram encontrados enterrados em uma arrozeira no bairro Pedra de Amolar, em Ilhota, na tarde de sexta-feira, 9 de junho, pela Polícia Civil, que recebeu denúncias. O reconhecimento foi feito pela família, que identificou as tatuagens do braço do jovem.

As demais partes do corpo de Sheldon foram encontradas neste sábado, dia 10, nas proximidades da arrozeira. Agora, a polícia investiga as causas do homicídio.

Lembre o caso

Sheldon dos Santos morava com a família no bairro Pedra de Amolar, em Ilhota, e foi visto pela última vez no dia 28 de maio. Após darem conta do paradeiro do jovem, a família iniciou as buscas e, através de imagens de uma câmera de segurança, viram que Sheldon passou em frente a uma loja de materiais de construção na companhia de amigos. A família registrou Boletim de Ocorrência e acredita que os amigos de Sheldon tenham algo a esconder. “Eles eram em uns dez. Depois que o Sheldon sumiu, todos os outros se entocaram em casa. Parece que sabem de alguma coisa e que estão assustados e com medo”, afirma o primo do jovem, Alexsandro Guimarães.

De acordo com a mãe de Sheldon, Roseli Lessa dos Santos, Sheldon não apresentava comportamento estranho no dia em que desapareceu. “Ele estava normal. Passou em casa antes de sair com os amigos, conversamos e não senti nenhuma mudança no seu comportamento. Nada de medo ou desconforto”.

No último dia em que foi visto, o jovem vestia jaqueta verde e bermuda de tactel e calçava chinelos. Ele foi encontrado morto 12 dias após o sumiço.

Fonte: Cruzeiro do Vale

Todos os direitos reservados © 2017

| Rádio Sentinela do Vale - Rua São Pedro, 245 - Centro / Gaspar | Telefone: (47) 3332-0783

by SoftD