Operação Veraneio em SC terá ação contra afogamento infantil - Rádio Sentinela do Vale

Gaspar / SC
23 de Abril de 2017

Página Inicial Rádio Sentinela do Vale!

Rádio Sentinela do Vale

Programação

Santa Missa

08:00h

Santa Missa

Ouça Agora

Musical Sentinela

09:00h

Musical Sentinela

Na sequência



Operação Veraneio em SC terá ação contra afogamento infantil

15/12/2016 09:19

A Operação Veraneio em Santa Catarina foi lançada nesta quarta-feira (14) em Florianópolis e será executada de 22 de dezembro a 6 de março em todo o litoral. O estado terá postos de guarda-vidas em pelo menos 157 praias e um projeto para prevenir o afogamento de crianças, além do lançamento de um software com informações sobre as praias.

"Este ano teremos o projeto Golfinho, destinado a crianças de 9 a 14 anos, para melhorar a percepção do risco de afogamento. Teremos também em breve um software para as pessoas escolherem a praia de acordo com a bandeira, o vento e a temporatura, o que deve melhorar o conforto dos veranistas", afirmou o coronel do Corpo de Bombeiros Cesar Nunes.

O investimento, segundo a Secretaria de Segurança Pública, deve ser maior do que os R$ 26 milhões da temporada anterior. O aumento no custo se deve, conforme o governo, ao reforço de agentes de segurança, o que inclui o pagamento de diárias de agentes transferidos para o litoral.

"Vamos mobilizar 1,4 mil guarda-vidas civis, 68 bombeiros militares, 53 embarcações, dois helicópteros e uma vasta estrutura de comunicação. Nosso desejo é que esta temporada seja ainda melhor que a anterior", disse o coronel.

Área de atução
Segundo o Corpo de Bombeiros, a Operação Veraneio estará presente em 157 praias, 35 balneários e 17 estâncias hidrominerais. Serão 455 quilômetros monitorados com um total de 312 postos de guarda-vidas.

"Florianópolis e Balneário Camboriú terão uma atenção especial de recursos humanos e materiais, mas não podemos esquecer que o litoral catarinense começa em Passo de Torres e termina em Itapoá", completou Nunes.

Na temporada anterior, a operação contou com 9.165 profissionais, entre policiais militares e civis, bombeiros militares e técnicos do Instituto Geral de Perícias (IGP). Conforme o governo do estado, de dezembro de 2015 a fevereiro de 2016, ingressaram em Santa Catarina 8 milhões de turistas, entre catarinenses, estrangeiros e visitantes de outros estados do Brasil.

Cuidados
- Procure nadar em locais e horários monitorados pelos guarda-vidas.
- Procure nadar próximo ao posto guarda-vidas.
- Fique atento às bandeiras vermelhas, elas sinalizam um risco na praia, como correntes de retorno. Procure nadar afastado das bandeiras vermelhas.
- Respeite as orientações dos guarda-vidas.
- Em caso de dúvidas peça orientações.
- Nunca entre no mar alcoolizado.

Fonte: G1
Link de Origem
Revisão e Responsabilidade do Site

Todos os direitos reservados © 2017

| Rádio Sentinela do Vale - Rua São Pedro, 245 - Centro / Gaspar | Telefone: (47) 3332-0783

by SoftD