Planos de Saúde São Obrigados a Ampliar Cobertura - Rádio Sentinela do Vale

Gaspar / SC
28 de Maio de 2020

Página Inicial Rádio Sentinela do Vale!

Rádio Sentinela do Vale

Programação

CAFE COM JOTA

05:05h

CAFE COM JOTA

Ouça Agora

Jornal Sentinela

07:00h

Jornal Sentinela

Na sequência



Planos de Saúde São Obrigados a Ampliar Cobertura

Na próxima semana, entra em vigor uma resolução da Agência Nacional de Saúde Suplementar que amplia o número de exames e procedimentos que os planos de saúde são obrigados a cobrir.

As mudanças devem beneficiar cerca de 44 milhões de brasileiros que contrataram planos de saúde a partir de primeiro de janeiro de 1999.

Entre os 70 novos procedimentos que os planos serão obrigados a cobrir, 16 são da área odontológica, como a colocação de coroas e blocos. Outros 54 são avanços da medicina, como as cirurgias menos traumáticas feitas com auxílio do vídeo, o transplante de medula e exames genéticos e de imagem. O pet scan, que ajuda a visualizar tumores e outras doenças, é um deles.

“Assim se evita procedimentos desnecessários, cirurgias desnecessárias que têm alto custo e causam, às vezes, sofrimento para o paciente” explica o oncologista Jefferson Luiz Gross.

Só que o exame custa cerca de R$ 3,5 mil, valor que a maioria dos planos vinha se recusando a cobrir. Foi o que aconteceu com o policial Nilton Platano, que tem um tumor no pulmão.

“Eu tive que entrar com uma liminar na Justiça e, felizmente, consegui fazer o exame”, conta Nilton.

Mas para a Associação Brasileira de Medicina de Grupo, o que mais deve pesar nos custos é o aumento no número de consultas de especialistas como psicólogos, nutricionistas, fonoaudiólogos e fisioterapeutas que os planos de saúde terão que cobrir.

O número de sessões varia de 12 a 24 dependendo da doença e da especialidade. No caso dos psicólogos, elas podem chegar a 40, desde que indicadas por um psiquiatra.

“A maioria dos pacientes acaba em 12 sessões apenas melhorando e não efetivamente resolvendo as suas dificuldades emocionais”, afirma Helen Dias Spanopoulos, diretora de uma clínica de psicologia.

Já o representante dos planos avisa: as novidades terão um custo e os primeiros a sentir devem ser os novos clientes.

“Para toda despesa criada, deve haver uma fonte de custeio. A operadora que vendeu os novos produtos com esse rol de procedimentos evidentemente terá um custo mais alto”, avalia Arlindo de Almeida, da Associação Brasileira de Medicina de Grupo.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar deve divulgar semana que vem o reajuste anual dos planos de saúde, previsto por lei. Mas o impacto dos novos procedimentos no valor das mensalidades só será avaliado pela ANS no ano que vem.

Todos os direitos reservados © 2020

| Rádio Sentinela do Vale - Rua São Pedro, 245 - Centro / Gaspar | Telefone: (47) 3332-0783

by SoftD