Suplente assume lugar de vereador de Joinville investigado na Blackmail - Rádio Sentinela do Vale

Gaspar / SC
24 de Setembro de 2017

Página Inicial Rádio Sentinela do Vale!

Rádio Sentinela do Vale

Programação

Santa Missa

08:00h

Santa Missa

Ouça Agora

Musical Sentinela

09:00h

Musical Sentinela

Na sequência


Classificados

VENDE-SE

Vendo conjunto com 27 moldes variados de flores e folhas para modelar ...

VENDE-SE

Vendo grades de janela....

VENDE-SE

Vendo box de vidro usado desmontado. R$200,00....

+ Anúncios Classificados

Histórico de Imagens

Histórico de Imagens

Fotos e Eventos



Suplente assume lugar de vereador de Joinville investigado na Blackmail

13/12/2016 09:23

O vereador de Joinville, no Norte de Santa Catarina, João Carlos Gonçalves (PMDB), investigado na Operação Blackmail, está proibido pela Justiça de entrar na Câmara de Vereadores do município. A partir desta segunda-feira (12), o suplente foi convocado e assume a vaga, informou a Casa. A defesa de João Carlos afirmou à RBS TV que não vai recorrer.

Em 8 de novembro, foram cumpridos sete mandados de prisão relacionados à investigação: seis em Joinville e um em São Paulo. De acordo com a Justiça, os suspeitos atuavam em dois núcleos: em um deles, um fiscal da prefeitura obtinha vantagens indevidas. No outro, João Carlos usava a conta de um terceiro para receber propina.

Com o afastamento, ocupará a vaga o suplente João Luiz Sdrigotti (PSB), de acordo com a Câmara de Vereadores de Joinville. Ele vai ficar no cargo por três sessões, as que ainda restam neste ano. Segundo a RBS TV, ele não terá direito a nomeação de assessores porque não há tempo hábil para contratações.

A partir de janeiro, tomam posse os novos vereadores. Tanto João Carlos Gonçalves quanto João Luiz Sdrigotti não foram eleitos para o próximo mandato.

Investigação
Sobre a denúncia do Ministério Público contra João Carlos, a expectativa é de que ela seja apresentada à Justiça até esta terça (13). Ele ficou preso de 8 a 23 de novembro.

A defesa de João Carlos informou à RBS TV que não vai recorrer da decisão do afastamento visto que o vereador já cumpre a medida cautelar determinada pela Justiça.

Fonte: G1
Link de Origem
Revisão e Responsabilidade do Site

Todos os direitos reservados © 2017

| Rádio Sentinela do Vale - Rua São Pedro, 245 - Centro / Gaspar | Telefone: (47) 3332-0783

by SoftD