Trabalhadores da Glória e da Verde Vale rejeitam proposta e ônibus param novamente - Rádio Sentinela do Vale

Gaspar / SC
13 de Dezembro de 2019

Página Inicial Rádio Sentinela do Vale!

Rádio Sentinela do Vale

Programação

CAFE COM JOTA

05:05h

CAFE COM JOTA

Ouça Agora

Jornal Sentinela

07:00h

Jornal Sentinela

Na sequência



Trabalhadores da Glória e da Verde Vale rejeitam proposta e ônibus param novamente

21/12/2015 15:01

Reunidos em frente à prefeitura de Blumenau na manhã desta segunda-feira, os trabalhadores do transporte coletivo rejeitaram a proposta das empresas do Consórcio Siga de parcelar o 13º salário. Nenhuma das três empresas que compõem o Siga _ Rodovel, Verde Vale e Nossa Senhora da Glória _ pagou o benefício aos trabalhadores.

Na assembleia apenas a proposta da Verde Vale foi lida para a categoria. A empresa sugeriu parcelar o 13º dos funcionários em quatro vezes a partir do mês de fevereiro. A última parcela seria quitada apenas em maio. Na proposta enviada ao Sindetranscol, sindicato da classe trabalhadora, a empresa ainda sinalizou que não terá condições de arcar com os pagamentos do salário e vale-alimentação de janeiro _ referente ao período trabalhado em dezembro.

Para esta questão, a proposta da empresa foi também parcelar o débito. Dessa vez em quatro parcelas durante o mês de janeiro. Nenhum dos trabalhadores aceitou a proposta. Conforme o sindicato, a Glória enviou uma sugestão de acordo para pagar o 13º. Por ter sido enviada por e-mail, o sindicato considerou que a proposta foi informal e a leitura não foi feita aos trabalhadores. Neste caso, a sugestão era quitar o benefício em três parcelas pagas no fim de dezembro, janeiro e fevereiro.

— Não tem como votar porque não tem proposta. Com papel timbrado ou não o que temos aqui é uma provocação e não uma proposta. É um desrespeito — criticou o assessor do Sindetranscol, Ricardo Freitas, ao garantir que a categoria só voltará ao trabalho quando todos os salários forem pagos integralmente. 

Ônibus da Rodovel deixam de circular

Após a assembleia, os trabalhadores fizeram uma passeata pelo Centro de Blumenau. Debaixo de chuva e munidos de sombrinhas, homens e mulheres começaram a andar em direção ao Terminal da Fonte. O destino foi alterado na altura da Alameda Rio Branco, quando o grupo optou por seguir pela Rua XV de Novembro. Na Rua 7 de Setembro os manifestantes chegaram a parar um ônibus da empresa Rodovel. A Polícia Militar, que acompanhava o ato, pediu que o veículo fosse liberado.

Nesse intervalo, a bilheteria do Terminal da Fonte foi fechada e os ônibus da Rodovel que estavam estacionados deixaram o terminal em direção à garagem da empresa. Uma funcionária que preferiu não se identificar disse que os funcionários estavam sofrendo pressão do restante da categoria para suspender o serviço novamente. No domingo, após uma assembleia, motoristas e cobradores da Rodovel aceitaram a proposta de parcelamento do 13º salário e voltaram a trabalhar na manhã desta segunda-feira.

Apesar de não ter acompanhado a assembleia, o assessor jurídico do sindicato, Léo Bittencourt, informou que a decisão de retirar os ônibus de circulação foi da própria empresa. O presidente Consórcio Siga e sócio-diretor da Rodovel, Valdeci Roza, foi procurado pela reportagem para comentar o assunto, mas não foi localizado. De acordo com o presidente do Sindetranscol, Ari Germer, a categoria deve se reunir novamente em assembleia na manhã de terça-feira. O horário do encontro ainda não foi definido.

Fonte: Jornal de Santa Catarina
Link de Origem       
Revisão e Responsabilidade do Site

Todos os direitos reservados © 2019

| Rádio Sentinela do Vale - Rua São Pedro, 245 - Centro / Gaspar | Telefone: (47) 3332-0783

by SoftD